3° Seminário Estadual debate funções do Conselho Tutelar

Na última terça-feira (17/05), ocorreu o segundo dia de atividades do 3° Seminário Estadual: O Conselho Tutelar e a proteção de crianças e adolescentes em rede", no auditório do Instituto de Educação Ivoti (IEI). O encontro reúne mais de 100 pessoas, entre professores, conselheiros tutelares e coordenadores pedagógicos, de mais de 10 municípios.

No segundo dia de programação, o Professor e Cientista Social, José Carlos Sturza de Moraes, falou mais sobre as atribuições e competências do Conselho Tutelar, entre elas, como aplicar de forma devida a medida de proteção de encaminhamento da criança ou adolescente para programa de acolhimento institucional.

"No que mais pecamos durante a o exercício de nossa profissão, é durante a abordagem. O conselheiro tutelar tem que saber que, cada vez mais, se diferenciam os métodos de proteger o cidadão de menor, sem o atingir de forma psíquica e traumática", ressalta Sturza.

José Carlos Sturza de Moraes é Conselheiro Tutelar de Porto Alegre (1995/2001), Graduado em Ciências Sociais/UFRGS, Coordenador do Reordenamento Institucional dos Abrigos do Estado (2001/2002), Presidente da Fundação de Proteção Especial/RS (2002). Co-autor do livro "Conselhos Tutelares, impasses e desafios - A experiência de Porto Alegre".

A programação segue até esta quarta-feira (18/05), dia que se debate nacionalmente a proteção a crianças e adolescentes vítimas de abuso. O evento é promovido pela Secretaria de Educação e Cultura (Semec) e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com apoio do Conselho Tutelar de Ivoti.

Compartilhar :

Vejas Outras Notícias