SAÚDE Aumenta a procura pela coleta de pré-câncer em Ivoti

Após liberação da cota, serviço vem sendo muito procurado nas unidades

Ivoti – A enfermeira da Unidade de Saúde Jacob Schneider, Aline Portz, observou um aumento na procura pela coleta de pré-câncer. “Antes tínhamos um limite de 20 por mês e agora já são 35, isso que estamos apenas no dia 13”, comparou. A facilidade de acesso é a explicação. “Muitas mulheres pediam, mas a cota já havia sido atingida e, com o tempo, desistiam. Agora, basta agendar e isso está estimulando a comunidade”, explica, lembrando que a recomendação é a prevenção anual. Segundo o secretário de Saúde e Assistência Social, Martin César Kalkmann, a liberação das cotas iniciou no dia 3 de fevereiro. “Ainda é cedo para avaliar o resultado, mas em todas as unidades o serviço vem aumentando”, explica o titular da pasta.

Na Unidade do Bairro Jardim Panorâmico, a enfermeira Queila Gomes de Oliveira também observou o interesse das mulheres. “Além da coleta de células do colo do útero, procuramos conversar sobre diversos cuidados e ensinamos, inclusive, sobre o autoexame”, conta.

Se antes somente 1.800 mulheres poderiam fazer uso do serviço no ano, a partir de 2017 está disponível para todas as mulheres. A marcação pode ser feita em uma das 6 unidades básicas, onde também é feita a coleta pela equipe de enfermagem. A análise é feita em laboratório e o resultado é fornecido, em média, de 40 a 60 dias.

 

Compartilhar :

Vejas Outras Notícias