COTIDIANO ESCOLAR Passeio pelo bairro provoca reflexões nos alunos da EMEI Bem Querer

 

Ivoti - Através de um passeio pelo Bairro 25 de Julho, os alunos do Maternal da EMEI Bem Querer, atendidos pelas professoras Juliana Teresinha Machado e Tânia Gnatta, ficaram impressionados com o lixo que encontraram pelo caminho e surgiu a ideia de recolher esses resíduos e dar o destino correto. Ao chegar na escola, o grupo se deparou com diferentes tipos de lixos, entre eles galhos e folhas. Então, surgiu a dúvida: galho é lixo? Para onde o lixeiro leva os resíduos? Algumas garrafas pet’s foram encontradas para armazenar esse lixo e transformadas em mini composteiras, que receberam, cada uma, lixo seco, orgânico e uma terceira, o lixo misturado.

Uma vez por semana, o grupo observava a mudança de volume nas garrafas de lixo orgânico e misturado, descobrindo que aquele volume se transformou em “suquinho”, o xorume. Perceberam “cabelinhos” dentro da garrafa e que no gargalo onde saia o xorume tinha algo estranho dependurado de cor amarela. “Profe, o que é aquilo? Vamos descobrir!!”

No dia 4 de maio, o grupo visitou o Centro de Educação Ambiental do Município de Ivoti (Ceami) para descobrirem as respostas. A bióloga Tatiana Gutheil mostrou que galho e folhas não são lixo, que são matéria orgânica e que nutrem a terra e outras plantas. Também existem a minhoca, que ajuda nesse processo de nutrição da terra e que aquela “coisinha amarela” na composteira é uma colônia de fungos.

 

Compartilhar :

Vejas Outras Notícias