GERAL Noite para tratar do videomonitoramento e prestar contas sobre as ações de segurança pública em Ivoti

 

 

Sistema de câmeras de vigilância será instalada em sala junto à Brigada Militar: recursos são oriundos da Consulta Popular com contrapartida do Município

Ivoti – Na noite de terça-feira, 27, o Consepro realizou assembleia junto ao Instituto Ivoti para apresentar a prestação de contas e ainda falar do andamento do projeto de videomonitoramento, em ato conduzido pelo presidente da entidade, Vasco Magno Ribeiro. A secretária de Desenvolvimento, Denise Rodrigues da Silva, e o técnico em Informática, Fernando Cuty, descreveram como será investido os R$ 275 mil garantidos com a mobilização da Consulta Popular e R$ 70 mil do Município. O sistema, segundo eles, estará alinhado com o cercamento eletrônico do Estado e contará com uma sala projetada na Brigada Militar. As 7 câmaras estarão ligadas a um painel com imagens gravadas em sistema de video wall, constituída por 4 televisores e em fibra ótica, a fim de evitar oscilações na transmissão de dados.

O prefeito Martin Cesar Kalkmann destacou a importância do conselho na integração das corporações que atuam na segurança pública e do quanto o Município estará envolvido no projeto de implantação do sistema. A delegada Michele Mendes Arigony, a comandante do Corpo de Bombeiros, Deise Luciane Costa de Oliveira Tecca e o comandante da Brigada Militar, Erlon Cesar de Paulo relataram o cotidiano das corporações.

O encontro contou com a presença do vice-prefeito Roberto Schneider, da secretária da Fazenda, Kelly Braun, dos vereadores Satoshi Suzuki, Marli Heinle Gehm e Leonir Schuller, do diretor da Autarquia da Água, Adriano Graeff, além do diretor do Instituto Ivoti, Everton Augustin, de empresários e representantes de entidades e associações.

Atuação da BM, PC e CB

Na prestação de contas, a maior despesa tem sido com o auxílio permanência para os agentes, totalizando R$ 114.805,00. “Sabemos também que este é considerado um fator decisivo na atração dos profissionais”, informou o tesoureiro, Milton Schallenberger.

Segundo relatos dos gestores da segurança pública, foram 758 procedimentos realizados na Delegacia de Polícia em 2017 pelos 5 agentes e a delegada. Já no Corpo de Bombeiros, foram atendidas a 133 ocorrências até novembro de 2017. Na Brigada Militar, as operações realizadas contam, inclusive, com a patrulha escolar, o que totalizam 80 rondas por mês, além das rondas bancárias.

 

 

Compartilhar :

Vejas Outras Notícias